Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escrevo, logo existo

Escrevo, logo existo

livrosbolso-billboard
08
Dez19

Bugigangas Natalícias - Horrível o Natal

Escrevo, logo existo

Ai o natal tão . . . Horrível!! É altura do ano em que as pessoas em romaria invadem as ruas para comprar bugigangas de plástico para oferecer umas às outras. Quase que me atrevo a dizer que 90% do que é oferecido, não tem utilidade nenhuma. 

 

Hoje as lojas de chineses já não existem ao mesmo nível do que há uns anos, até porque as grandes superfícies também já vendem produtos muito maus e de fraca qualidade. As pessoas mesmo não sabendo o que devem oferecer insistem em oferecer, por favor parem com isso, olha façam um desenho ou escrevam um texto, sei lá, mas não me ofereçam coisas por oferecer.

 

Vocês perguntam: Mas o natal não é mais que isso? As pessoas gostam do natal de uma forma que os devia de envergonhar, passo ao exemplo, as pessoas gostam do natal por ser o momento em que estão com a família. . . Preciso de explicar? as pessoas gostam do natal porque parece que mete uma borracha no facto de nos estarmos a borrifar para a família durante o ano inteiro. 

 

Dirão vocês: Tu falas assim porque és ateu? Assumo que esse argumento possa fazer sentido, o que acho que não faz sentido é ser-se católico e gostar-se do natal, tendo em conta que estamos a festejar uma coisa que foi criada artificialmente através de um concilio pois jesus não nasceu naquela data, sendo apenas uma data pagã. O consumismo, a gula e o desperdício é uma coisa muito pouco católica e muito natalícia, o poço de todas as contradições.

 

Bem até já e tentem não morrer de diabetes e atolados em bugigangas.

30
Nov19

Bank Friday Bancária (para os Banqueiros)

Escrevo, logo existo

Era bom que a Black Friday fosse no Novo Banco e não para o Novo Banco, pois parece que o Novo Banco apesar de não adquirir produtos, enche o cofre sucessivamente em grandes doses de dinheiro (de outros). 

 Black Friday no Novo Banco era meter quem tem de pagar o buraco a fazer uma coisa espetacular que é pagar os seus próprios prejuízos do banco, daí a noção de capital de risco, para os mais distraídos, quer dizer que tem risco e que pode ter como consequência não só perder o valor investido, como pode ser necessário meter mais dinheiro, pois não dá para ser "liberal" para ter lucro e usar o estado para o prejuízo. 

Resumindo "liberal" é a o cúmulo da chique espertice política e a Black Friday para o Novo Banco é para os donos disto tudo que são, ao mesmo tempo, os que apregoam o "liberalismo" pensando e agindo segundo o seguinte princípio basilar: Liberdade para explorar sem ninguém os incomodar. 

 

Plano Nacional Leitura-mrec

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D