Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escrevo, logo existo

Escrevo, logo existo

livrosbolso-billboard
26
Jan20

Breaking Bad – Uma Obra Prima

Escrevo, logo existo

O que gostaria de dar mais destaque, mais do que a beleza das imagens e a sua combinação com o ambiente sonoro, gostaria de destacar o retrato social feito à sociedade Norte Americana, ao capitalismo, que leva ao desespero das famílias e dos indivíduos, levando-os a cometer actos contra os seus próprios valores e princípios.

Actos estes que são também reflexo do sistema que vivemos, ou seja, um sistema que apesar de se revestir de uma falsa intenção de ajudar o outro (caridadezinha), no fundo não olha a meios para atingir o fim, que é o lucro. Sistema este que prefere manter um exército de “restos da sociedade” porque (para eles) dá mais lucro do acabar com todos os flagelos do mundo.

Sem dúvida uma série da minha vida, se não viram, não percam tempo e vejam, é uma lição de vida e é a dureza da vida o confronto com as dificuldades que nos levam por vezes a cometer actos que nunca diríamos que poderíamos cometer.  

P.s. também já vi o El Camino depois se me apetecer escrevo alguma coisinha. Atenção o video tem spoilers. 

 

08
Dez19

Bugigangas Natalícias - Horrível o Natal

Escrevo, logo existo

Ai o natal tão . . . Horrível!! É altura do ano em que as pessoas em romaria invadem as ruas para comprar bugigangas de plástico para oferecer umas às outras. Quase que me atrevo a dizer que 90% do que é oferecido, não tem utilidade nenhuma. 

 

Hoje as lojas de chineses já não existem ao mesmo nível do que há uns anos, até porque as grandes superfícies também já vendem produtos muito maus e de fraca qualidade. As pessoas mesmo não sabendo o que devem oferecer insistem em oferecer, por favor parem com isso, olha façam um desenho ou escrevam um texto, sei lá, mas não me ofereçam coisas por oferecer.

 

Vocês perguntam: Mas o natal não é mais que isso? As pessoas gostam do natal de uma forma que os devia de envergonhar, passo ao exemplo, as pessoas gostam do natal por ser o momento em que estão com a família. . . Preciso de explicar? as pessoas gostam do natal porque parece que mete uma borracha no facto de nos estarmos a borrifar para a família durante o ano inteiro. 

 

Dirão vocês: Tu falas assim porque és ateu? Assumo que esse argumento possa fazer sentido, o que acho que não faz sentido é ser-se católico e gostar-se do natal, tendo em conta que estamos a festejar uma coisa que foi criada artificialmente através de um concilio pois jesus não nasceu naquela data, sendo apenas uma data pagã. O consumismo, a gula e o desperdício é uma coisa muito pouco católica e muito natalícia, o poço de todas as contradições.

 

Bem até já e tentem não morrer de diabetes e atolados em bugigangas.

20
Nov19

Evento Antiwebsummit

Escrevo, logo existo

Tive uma ideia empreendedora que é de criar uma antiwebsummit, onde as pessoas que já tenham dado uso à sua genitália possam participar e que fosse impossibilitada a entrada indivíduos que têm medo de vá . . . de ter relações com algum contacto físico com outras pessoas (animais e a própria mão não conta).
Neste evento estaria proibida a entrada de "gadgets", de portáteis e telemóveis e a única bebida não alcoólica que entrava era água. Não seria permitida a entrada de empresas para vender coisas e fazer dinheiro com o dinheiro dos outros e as empresas que entrassem só podiam oferecer coisas.
Como é óbvio não existia internet e os eventos era só festa, borga e saídas à noite que fossem para além da 00h em que haveria mais do que sumo de laranja e se houvesse sumo de laranja tinha de ser traçada com vodka.
Existiria um espaço antinetworking em que seria um espaço onde as pessoas se insultavam mutuamente, com prémios para o pior insulto e claro um campeonato de chapadas.
O antiteambuilding seria uma sauna gigante onde as pessoas praticavam atividades sexuais em público uns com os outros (uma forma empreendedora de organizar uma órgia).
Assim deixo a minha ideia antiempreendedora. e fico à espera não só de antioutputs como de antinvestimentos.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D