Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Escrevo, logo existo

Escrevo, logo existo

livrosbolso-billboard
11
Abr20

Pessoas que se lixem e os hospitais privados

Escrevo, logo existo

Pelos vistos há pessoas que ainda não perceberam que não é para sair de casa. O que fazer?

Bem de repente lembro-me de várias soluções a primeira é leva-as a tribunal, que é o que está a ser feito. A outra solução seria dar-lhes com uma frigideira na cabeça, mas isso seria um pouco violento. Por último dizer-lhes “vá por ali em direção ao precipício, vai ver que não custa nada”, esta apesar de ser a mais fácil porque fariam sem questionar, seria incitamento à prática do suicídio. Bem a solução então é deixa-los ir à rua e que se lixem, assim seria apenas a seleção natural a funcionar, pois estes claramente não estão aptos a sobreviver.

E os Hospitais Privados que querem cobrar ao SNS por estarem a tratar pessoas com covid-19? Aqui dá para perceber bem a diferença entre o privado e o público. Lembrem-se em tempo de estado de emergência se o estado quiser pode meter-vos a funcionar só para o Covid-19, em requisição civil sem verem um tostão. Em tempos difíceis há sempre quem tente fazer dinheiro com a miséria dos outros. De facto, um verdadeiro exemplo do significado do conceito de Filhos da Truta.

Bem já destilei ódio que chegue(ou não). . .  Até ao próximo texto.

Plano Nacional Leitura-mrec

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D